Saber Mulher

Doenças e Sintomas de A a Z

:: Infecções vaginais

Por que aparece
As mulheres têm mais chances de ter uma infecção vaginal quando estão estressadas, com a imunidade baixa, quando estão grávidas ou fazendo uso de algum antibiótico. Calças apertadas, uso excessivo de protetores íntimos diários, cremes e perfumes são fatores que facilitam o aparecimento de infecções genitais. Da mesma forma lavar-se demais, usar duchas vaginais, desodorantes íntimos ou lenços umedecidos de bebê pode agredir a flora natural fazendo com ela perca sua função protetora. Algumas infecções vaginais são provocadas por doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), como a gonorreia, tricomoníase ou clamídia.

Diagnóstico
As infecções vaginais têm como sintomas corrimento, coceira, irritação, sensação de ardor e queimação e, algumas vezes, mau cheiro. O médico fará o diagnóstico baseado nos sintomas, além de fazer um exame ginecológico e coletar material para análise em laboratório.

Riscos
Repetidas infecções vaginais podem ser sinal de alguma outra condição mais séria, tal como diabetes, que enfraquece o sistema imunológico e pode aumentar a susceptibilidade do corpo a estas infecções.

Tratamento
O tratamento correto depende da causa da infecção. As infecções por fungos podem ser tratadas com cremes antifúngicos de aplicação local e uma dose única de medicamento, a critério médico. Algumas vezes pode ser necessário o tratamento do parceiro, condição obrigatória no caso de infecção provocada por DST.

Quando procurar o médico
O ginecologista deve ser visitado se aparecerem os sintomas citados.

Prevenção
Equilíbrio e bom senso são fundamentais para cuidar da higiene íntima. Ao contrário do que se pode pensar, ficar se lavando a toda hora pode reduzir a defesa natural do organismo. Um banho diário simples é o bastante para manter a vagina limpa e com seu odor característico. Depois de ir ao banheiro, é importante limpar-se no sentido de frente para trás, para evitar que as bactérias do ânus entrem em contato com a vagina. O uso de absorventes diários, calças apertadas ou ficar muito tempo com a roupa de ginástica suada não é recomendado, pois abafam a região e ambientes quentes e úmidos são extremamente propícios ao crescimento dos fungos. O ideal é usar calcinhas de algodão e roupas largas, de tecido não sintético. Dormir sem calcinha, embora muitas mulheres não se acostumem com a idéia, também ajuda a "arejar". Fazer sempre sexo seguro. A relação anal nunca deve preceder a vaginal, pois bactérias da flora intestinal podem infectar a vagina.

Voltar

Notícias

31/01/2011

Cuidando do coração

Ações hoje podem ajudar a prevenir ou minimizar os efeitos de um problema...

 

28/01/2011

Dá prá confiar na pílula?

A pílula tem sido usada com segurança desde a década de 60 e é uma das formas mais...

 

24/01/2011

Excessos ao sol

Exageros durante a exposição solar pode causar danos irreparáveis à pele. O verão é a...

 

mais notícias +

 

 

Conheça seu corpo

Veja imagens do seu organismo e saiba como ele funciona.

Convide uma amiga

Chame suas amigas para conhecer o Saber Mulher!